Domingo, 01 de Março, 2015
01/03/2015

Rio de Janeiro começa festejos dos 450 anos da fundação pelo português Estácio de Sá

As comemorações oficiais pelos 450 anos do Rio de Janeiro começaram domingo (1º com alvorada festiva no local onde a cidade foi fundada, na atual Fortaleza de São João, no bairro da Urca.

Leia mais

28/02/2015

Desoneração de folha de pagamentos tem de ser reajustada "ou para cima, ou para baixo;agora, foi para cima", diz Dilma

Em declarações a jornalistas em Montevideo, a presidente Dilma Rousseff disse que o ministro Levy foi "infeliz" ao comentar a política de desonerações do anterior governo e, sobre os aumentos da energia elétrica, afirmou: "Quando aumenta a chuva, diminui a tarifa de energia".

Leia mais

28/02/2015

Dilma participa da posse de Tabaré Vázquez no Uruguai

Na capital uruguaia, Dilma Rousseff assistirá, neste domingo, à posse do presidente eleito no fim do ano passado para governar o Uruguai.

Leia mais

28/02/2015

Primeiro-ministro português assume objetivo de ter nova maioria absoluta este ano

"Eu tenho a expectativa de que um Governo com maioria no Parlamento possa sair destas eleições. É por isso que me vou bater", declarou Pedro Passos Coelho ao "Expresso". Mas as últimas sondagens continuam a pôr a coligação PSD-CDS atrás do Partido Socialista.

Leia mais

28/02/2015

Justiça determina novo bloqueio de bens de Agnelo Queiroz, ex-governador do DF

A desembargadora Simone Lucindo decidiu pelo bloqueio dos bens do ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, do PT. Foram bloqueados R$ 15,9 milhões, atendendo a um recurso do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Leia mais

27/02/2015

Dilma Rousseff diz que aumentos nos preços da luz "são passageiros"

A presidente Dilma Rousseff diz que o aumento nos preços da energia elétrica são passageiros. Segundo Dilma, os aumentos nos preços da energia são passageiros, "estão em função do fato que o país enfrenta a maior falta de água dos últimos 100 anos"

Leia mais

27/02/2015

Ministro da Fazenda prefere imposto sobre doações à taxação de grandes fortunas

"A taxação estática de grandes fortunas não arrecada muito e não tem muita vantagem. O principal instrumento de tributação é a renda", declarou o ministro Joaquim Levy. "Quem recebe uma doação de R$ 1 milhão hoje paga muito pouco de Imposto de Renda. É uma quase renda que não está sujeita à tributação", referiu.

Leia mais